Ramon Nobre
Ramon Nobre: Home / O esporte Mossoroense em destaque! / Nome de Zé Peixeiro causa rejeição em cúpula do Baraúnas

Nome de Zé Peixeiro causa rejeição em cúpula do Baraúnas

Nome de Zé Peixeiro causa rejeição em cúpula do Baraúnas

ramonnobre 14 de setembro de 2015 0 Comentários
14set
0

A notícia de que Zé Peixeiro pode continuar no Baraúnas não repercutiu de forma benéfica para alguns integrantes da diretoria do clube. Em entrevista ao blog, Zé afirmou que estava chateado por não ter o seu nome registrado como presidente na justiça comum e que poderia permanecer para 2016.

Na manhã de hoje, a vice-presidente, Josirene Ribeiro e o presidente da Associação do Sítio Florânia, Marquinhos, procuraram o blog e criticaram a postura de Zé Peixeiro. Josirene informou que o único presidente que teve o seu nome registrado em ata na justiça comum foi João Dehon, e que os que vieram posteriormente não tiveram o nome na ata porque o clube não estava legalizado.

Outras críticas foram feitas. Uma delas de que os jogadores na gestão de Zé Peixeiro só almoçavam por volta das 15h. Foi falado também que ele abandonou o time nos dois últimos jogos do clube realizados na cidade de Macau.

Além disso, foi citado de que a última folha salarial não foi paga aos jogadores e que isto poderia gerar um grande problema na justiça comum, assim como aconteceu com Samuel Cândido. De acordo com Josirene, Zé Peixeiro sempre soube da existência de um terreno que pertence ao clube. Na visão dos dirigentes, a permanência dele no Baraúnas afastaria alguns abnegados, e o time acabaria sofrendo com isso.

Josirene informou também que agora, o Baraúnas, finalmente está se legalizando e que uma mudança no estatuto provavelmente irá impedir Zé Peixeiro de se candidatar, claro, se isso for da vontade dele. Apenas os sócios poderão votar e se candidatar. Como ele não é sócio, ficaria inapto.

Se Zé Peixeiro irá continuar ou não no Baraúnas, só o tempo poderá dizer. Mas, toda essa confusão desnecessária serve mais para afastar, do que agregar boas pessoas a instituição.

Categoria : Bola no Pé

Comentários fechados para essa notícia.